FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP
Acesse o SAE

Gigantismo de Brasília é maior fonte do atraso do País, diz prefeito de Palmas em palestra na ACSP

Notícias 06 de fevereiro de 2018

Carlos Amastha (PSB), que é presidente em exercício da Frente Nacional de Prefeitos e pré-candidato ao governo do Tocantins, defendeu novo pacto federativo e disse que os municípios não desenvolvem potencialidades por causa da burocracia pública


São Paulo, 6 de fevereiro de 2018. O prefeito de Palmas e presidente em exercício da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Carlos Amastha (PSB), fez palestra ontem na Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Ele falou sobre o papel dos municípios na economia brasileira. O mandatário da capital do Tocantins criticou o “gigantismo de Brasília”, dizendo ser essa a maior fonte de atraso do País, e disse que é preciso realizar uma reforma federativa que fortaleça os municípios.

No entendimento de Amastha, nem todos os municípios conseguem desenvolver suas potencialidades, em parte, por causa da burocracia da máquina pública. “É na cidade que respiramos, trabalhamos, precisamos de emprego, saúde. Todo mundo se diz a favor do municipalismo e do novo pacto federativo, mas na hora da verdade não existe uma ação firme para que ocorra essa mudança. Brasília é uma desgraça. O gigantismo de Brasília será sempre a maior fonte do nosso atraso”, criticou. “Se queremos nos desenvolver como país, temos de diminuir o tamanho de Brasília e passar para os municípios a responsabilidade da administração dos orçamentos”, reforçou Amastha. Para ele, os prefeitos precisam pensar suas cidades para os próximos 50 anos e não somente os próximos quatro.

Energia

Eleito em 2012 para a prefeitura da capital tocantinense, Amastha se destacou nos últimos anos pela organização das contas públicas da cidade e pelo investimento em serviços básicos, como saúde e educação. Além disso, transformou Palmas em referência nacional na geração de energia fotovoltaica. “Tínhamos um orçamento de pouco menos de R$ 500 milhões. Cinco anos depois, está em torno de R$ 1,4 bilhão. Praticamente triplicamos o orçamento da cidade. E existe um único motivo: a atividade econômica da cidade foi muito bem cuidada para que isso efetivamente acontecesse”, disse.


Educação

Para ele ? que neste ano pretende disputar o cargo de governador do Tocantins ?, está errado o gestor público priorizar certas áreas. “Dizer isso é esconder uma grande incompetência. Prefeito tem que cuidar de tudo”. Mas destacou que, em sua gestão, a educação recebeu atenção especial, a ponto de a cidade liderar rankings do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Numa das ações da prefeitura, 120 professores da rede municipal de ensino que faziam pós-graduação foram matriculados em universidades na Finlândia, em Cingapura, na Coréia do Sul e na Itália para qualificar a mão de obra educacional de Palmas.

Amastha é o primeiro estrangeiro eleito prefeito de uma capital brasileira ? ele nasceu em Barranquilla, na Colômbia, e veio para o Brasil na década de 1980. “Dotado de perfil iniciativo e inovador, Amastha promove a descentralização das ações na cidade, mantém contato direto com o cidadão e enfatiza a meritocracia no funcionalismo público”, elogiou Nelson Felipe Kheirallah, vice-presidente da ACSP e coordenador do Conselho do Varejo da ACSP.

Também estiveram presentes no encontro Roberto Mateus Ordine, vice-presidente da ACSP; Robert Schoueri, conselheiro da entidade; e Walter Ihoshi, deputado federal pelo PSD.

Mais informações:
Renato Santana de Jesus
Assessoria de Imprensa
rjesus@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / plantão (11) 97497-0287


Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Parceiros CACB Rede Verde Amarela SCPC SEBRAE Certisign