Twitter Facebook Instagram

ACE Jundiaí defende a divisão de microrregiões para a reabertura do comércio

Notícias 08 de julho de 2020

A Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí defende a divisão do Estado em novas microrregiões para que a análise de flexibilização do avanço da Covid-19 seja mais justa. Esta proposta já foi apresentada ao governo estadual pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), da qual a entidade jundiaiense faz parte.

A Facesp propôs a criação destas sub-regiões nos Departamentos Regionais de Saúde (DRS) que compreendem, principalmente o Interior de São Paulo. Jundiaí faz parte do DRS de Campinas, que abrange 42 municípios, e desde segunda-feira teve de retroceder para a fase vermelha, que permite apenas o funcionamento do comércio essencial. “Com esta divisão em microrregiões é possível fazer uma análise mais precisa e coerente com a realidade de cada município, levando em consideração os números de casos da doença mas também os leitos disponíveis”, afirma o presidente da ACE, Mark William Ormenese Monteiro. “Lamentamos este retrocesso. Se ao menos tivéssemos mantido a fase laranja, o comércio não essencial estaria funcionando.”

Na segunda-feira o presidente da ACE reuniu-se com Luiz Fernando Machado para entender a situação do município e a viabilidade da revisão da determinação estadual. “O prefeito adiantou que estaria com representantes do governo do Estado para falar sobre este assunto. Concordamos que Jundiaí não deveria estar inserida na região de Campinas.”

Mark William ressalta a preocupação da ACE com o avanço da doença no município e a preservação da vida mas reforça a necessidade da continuidade dos negócios na cidade e a manutenção do emprego. “A Associação vem trabalhando em ações para apoiar o empresário mas a retomada do comércio com atendimento presencial é necessária”, afirma.

O ofício do prefeito Luiz Fernando entregue ao Governo do Estado apresenta estudo técnico que demonstra que Jundiaí e o Aglomerado Urbano, quando destacados da região de Campinas, estão na Fase 2 Laranja, que permite o funcionamento de shoppings e comércio de rua. O governo municipal também apresentou um estudo técnico que demonstra a capacidade dos sistemas de saúde e a evolução da epidemia no município e nas cidades do Aglomerado.

Confira nos anexos o ofício enviado pela Prefeitura de Jundiaí ao governador João Dória e os estudos do governo municipal.

 


 

--

 

Parceiros

CACB SCPC SEBRAE Certisign