Twitter Facebook Instagram

Perdas no comércio ultrapassam R$ 1 bilhão em Campinas devido à pandemia

Notícias 09 de junho de 2020

 Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) preparou um balanço sobre o Impacto da Pandemia no Comércio Varejista da cidade e na sua Região Metropolitana, tomando como base a segunda da quinzena de março até o final de maio de 2020. De acordo com o economista Laerte Martins, diretor da associação, a perda no faturamento no comércio de Campinas em função do isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19 foi de R$ 1.185 bilhão, em relação ao mesmo período de 2019, cerca de (-34%). Na Região Metropolitana de Campinas (RMC) o impacto no mesmo período foi de R$ 2,793 bi, que representam perdas de 34,30%.

No segmento de “Bens Não Duráveis”, as drogarias e farmácias e os supermercados e hipermercados tiveram resultados positivos, com crescimento de 3,16 e 16,83%, respectivamente, enquanto os postos de gasolina sofreram queda da ordem de 34,35% no faturamento. No segmento de “Bens Duráveis”, o setor de Vestuário foi o mais afetado com queda de 74,26% no faturamento, seguido de Móveis, Eletrodomésticos e Lojas de Departamentos (-34,30%), e Material de Construção em (-8,93%). 

Na área de “Serviços”, quem mais sofreu foram os setores de Turismo e Transportes, com queda de 70,5% no faturamento no período, seguidos de Bares e Restaurantes (-59,80%), Serviços de Autopeças (-24,10%) e Salão de Beleza (-60,50%). Considerando o acumulado de janeiro a maio de 2020 em Campinas e Região, as perdas foram de cerca de R$ 2,5 bilhões, que representam 30,52% de redução, sendo a diferença em função de pequeno ganho positivo em janeiro e fevereiro de 2020. 

Parceiros

CACB SCPC SEBRAE Certisign