Twitter Facebook Instagram
Para acessar sua área PDO, insira os campos abaixo.

CMEC cria Conselhos Regionais

Notícias 27 de agosto de 2021

Com o objetivo de ampliar as ações de valorização e apoio à mulher empreendedora, o Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) deu início a criação de CMECs Regionais. 

Nesta quarta-feira (25/08), a presidente do CMEC, Ana Claudia Badra Cotait, acompanhado do vice-presidente da Facesp, José Eduardo Rodrigues de Carvalho, visitou as Associações Comerciais da região da Baixa Mogiana (RA 16 da Facesp) e apresentou a novidade. 

“Nosso objetivo é que toda AC tenha um Conselho da Mulher, porém, há entidades com realidades e necessidade distintas”, explicou Ana Claudia.

“Com o CMEC Regional, as Associações, mesmo aquelas menores, poderão indicar uma representante, seja ela funcionária, diretora ou uma empreendedora da cidade e, assim, passarão a ter uma porta-voz que poderá trazer ideias e propostas vindas do município e também terão condições de multiplicar as ações e as oportunidades oferecidas pelo Conselho da Mulher”, ressaltou. 

Reuniões periódicas do CMEC Regional poderão ser realizadas. Uma coordenadora será escolhida para gerenciar o grupo. Na RA 16, por exemplo, o grupo passará a atuar em prol de mulheres de 21 cidades. 

“Entendemos que já existem vários conselhos mais estruturados e sustentáveis no Estado e estes grupos podem ajudar a estruturar os Conselhos Regionais, de acordo com os anseios e as necessidades locais. Aos poucos, as próprias ACs vão se estruturando com o apoio de sua diretoria e respeitando os estatutos de cada cidade para, assim, ser um canal na sua cidade para atrair novas associadas e oferecer produtos e serviços”, disse a presidente do CMEC. 

Ana Claudia frisou, ainda, a importância de o conselho nascer e apoiar ações sociais, contudo, sempre tendo como prioridade o atendimento aos anseios dos associados. 


MANUAL

Um manual de formação de CMEC foi desenvolvido não com a pretensão de esgotar os assuntos, mas, simplesmente, apontar diretrizes que podem ser seguidas, visando à melhoria do funcionamento e a prestação de serviços oferecidos pelos Conselhos da Mulher Empreendedora e da Cultura que forem sendo criados. 

A cartilha serve como um guia que pode ser totalmente adaptado a realidade e a cultura de cada Associação Comercial, primando sempre pelo estatuto da entidade local, sua missão e a defesa dos interesses de seus associados. 

“A implantação de um CMEC deve, sempre, ser realizada com anuência do presidente da Associação Comercial local e de sua diretoria. Desta forma, o conselho nascerá forte em consonância com os princípios e os objetivos de sua entidade”, disse Ana. 

“Com o apoio dos vice-presidentes da Facesp e dos presidentes das ACs, uma Associação pode indicar uma mulher para integrar o CMEC Regional. A Associação Comercial, independentemente do porte, passará a ter o apoio de toda uma rede focada no desenvolvimento da mulher empreendedora e na valorização da cultura, seja na capacitação, na busca por uma melhor performance no negócio, no acesso às linhas de crédito, além de muitas outras oportunidades”, frisou Ana Claudia. 

“Há um universo de mulheres empreendedoras em cada cidade, que ainda não estão associadas, por isso seria importante criar um espaço de ideias sobre temas pautas femininas, para que elas possam entrar na rede associativista e consumir produtos e serviços da Associação Comercial”, detalhou a presidente do CMEC. 


VISITA

Ana Claudia visitou as Associações Comerciais de Mogi Mirim, Mogi Guaçu, São João da Boa Vista e Mococa. Ela se encontrou com empreendedoras locais, conversou com diretores e diretoras das ACs e trocou experiências com coordenadoras dos CMECs das entidades. 

Também participaram dos encontros representantes das ACs de Divinolândia, de São José do Rio Pardo e de Casa Branca. 

“Fico muito contente ao ver tantas mulheres estimuladas a trabalharem para que outras empreendedoras tenham a chance de realizar, porque empreender é sinônimo de realizar”, disse.

Parceiros

CACB SCPC Certisign CRDC ACCREDITO