Twitter Facebook Instagram
Para acessar sua área PDO, insira os campos abaixo.

ACS aprova novo procedimento para emissão de certificados de origem

Notícias 27 de agosto de 2021

A partir de 26 de setembro, a emissão de certificados de origem terá um novo procedimento que trará modernidade, segurança e agilidade, além de ser menos burocrático. O anúncio foi feito pelo diretor técnico do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Eduardo Heron, na última semana. 

De acordo com Ricardo Melo, supervisor do Certificado de Origem da Associação Comercial de Santos (ACS), esse avanço é necessário para o setor cafeeiro. "O novo procedimento é mais moderno, seguro e ágil. Esperávamos por isso há muito tempo". 

Melo explica que só terá acesso ao novo sistema no final de setembro. "A partir dessa data, a ACS terá acesso ao novo sistema do Cecafé tendo a oportunidade de testar e avaliar as mudanças realizadas".

O Cecafé explicou que a ferramenta foi desenvolvida para diminuir a diversidade de informações existentes e dar mais segurança ao instrumento de mercado futuro, gerando inteligência mercadológica para uma melhor gestão de riscos nas tomadas de decisões, o que beneficia todos os segmentos da cadeia produtiva. 

O que é certificado de origem? 

O Certificado de Origem é um documento legal que comprova ao país comprador a procedência do produto adquirido. O modelo varia de acordo com o artigo negociado e com o bloco econômico de que cada nação importadora faz parte. 

A ACS emite esse documento para mercadorias que são exportadas pelo Brasil para todos os países. As empresas podem solicitar o documento pela internet e o certificado impresso e assinado digitalmente é válido para os produtos exportados para Argentina e Uruguai. 

“Para os demais países, ainda é obrigatória a emissão física, mas mesmo assim a solicitação pode ser feita on-line, o que agiliza o processo", explica Melo. 

Parceiros

CACB SCPC Certisign CRDC ACCREDITO